domingo, 3 de fevereiro de 2008

Espécimes raros no Oceanário

Mais uma mini-«Saída de Campo» pelas bandas do Oceanário! Achamos ao inicio estranho a desertificação da paisagem e entendemos que tinhamos que encher os nossos frascos de amostragem.









Escolha não faltou mas com as constantes alterações na Sistemática temos medo de dar nome à coisa...










Todavia algumas espécies são fáceis de identificar! Sendo assim a Maria Joana apanhou um Fuselatus pestosensis que já não se via naquele habitat há algum tempo.










A Maria Joana nestas coisas tem vista de lince e descortinou por entre os elementos naturais uma Ensalata rucolo-parmeginiana...









Eu não me podia ficar atrás e tratei de recolher um magnífico exemplar dum Espargueto carbonarius... Mas desde aí não lhe pus mais a vista em cima! Deve ter fugido do frasco de amostra!








Agora mais a sério... Este passeio ao Oceanário foi muito produtivo... Eu iniciei com um pequeno desenho no café... Só para aquecer... Depois decidimos começar a visita pela exposição temporária dos «Monstros Marinhos no Tempo dos Dinossauros». Só então entrámos no oceanário propriamente dito.

Acho que ganhámos confiança em desenhar em público. Às vezes é dificil abstrairmo-nos mas acho que a observação foi um dos elementos mais importantes nos nossos rabiscos. Então a Maria Joana estava mesmo orgulhosa dos seus pinguins... E também de pelo facto de ter estado a olhar pela primeira vez para os peixes com atenção acabou por ter reparado em dezenas de pormenores que diferem de espécie para espécie.

2 comentários:

Fuzhong! disse...

Ainda bem que se divertiram. E estou a ver que foram fazer desenhos para o La Rucula... ;)

João Carvalho disse...

Eheheheheheh... O que é que nos poderá ter denunciado? LOLOLOLOL